Minhas três Princesas

Lilypie Kids Birthday tickersLilypie Second Birthday tickers

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Mãe desnecessária


Olá gente!!!!


Passando para contar as novidades. Helena há dois dias andava meio chatinha. Mas também... pudera! Catorze dias sem evacuar!!! Pobrezinha...


Anteontem começou a ficar chatinha. Mas isso era normal. Normalmente ela fica assim, consegue evacuar e passa... Mas nada aconteceu. Passou o dia todo assim. No final da tarde tentei usar um supositório de glicerina mas não aconteceu nada também. Na hora de dormir, tive que embalar no colo, coisa que não preciso fazer há tempos. Mas dormiu a noite toda.

Ontem, a mesma coisa, não brincou de nada desde que acordou... Quando chegou perto das 15:00 desatou a chorar sem parar. Não havia o que eu pudesse fazer para ela parar. Estava desesperada. Então fomos no médico. Ele examinou ela todinha e disse que não tinha nada. Que devia ser uma virose. Achei ele bem inseguro e perguntei se aquilo era normal... Ficar tantos dias sem evacuar. Ele disse que não. Então perguntei o que deveria fazer. Ele indicou uma gastroenterologista pediátrica. Conseguimos consulta para hoje de manhã. Mas ontem no final da tarde, ela acabou fazendo um pouquinho de cocô e melhorou sensivelmente de humor. Então logo vi que não era virose nenhuma.


Mas, já que a consulta estava marcada, levei na gastro hoje. Ela falou que ela está ótima e que é normal sim!!!!!! Bebês que mamam no peito podem ficar até mais tempo que isso sem evacuar sem qualquer prejuízo de nada. Falou que, se por acaso, isso se tornar MUITO incômodo para ela, poderemos mais prar frente introduzir alimentos laxantes, como mamão... mas nada por enquanto.

Mas ao meio dia ela encheu a fralda - kkkkkkkkkkkkkkk - e voltou a ser o bebê calminho de sempre!

O pior foi que a médica falou que a Helena tem um soprinho no coração e que seria bom procurar uma cardiologista pediátrica que ela indicou.... Enfim... vou marcar, embora sopros sejam muito comuns em bebês de até um ano. Portanto, nem vou me estressar!

Quanto à foto, já viram a carar de sapeca? Já tá ficando com cara de mocinha! hehehehehehe


Tropecei neste texto e achei legal para pôr aqui.... Espero que gostem!

Um beijão

Mãe desnecessária

A boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o
passar do tempo. Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase
e ela sempre me soou estranha. Até agora. Agora que minha filha
adolescente, aos quase 18 anos, começa a dar vôos-solo. Chegou a hora
de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria
embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos. Uma
batalha hercúlea, confesso. Quando começo a esmorecer na luta para
controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da
frase, hoje absolutamente clara. Se eu fiz o meu trabalho direito,
tenho que me tornar desnecessária.

Antes que alguma mãe apressada venha me acusar de desamor,
preciso explicar o que significa isso. Ser 'desnecessária' é não
deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque
vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não
conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para
traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e
cometer os próprios erros também. A cada fase da vida, vamos cortando
e refazendo o cordão umbilical. A cada nova fase, uma nova perda é um
novo ganho, para os dois lados, mãe e filho. Porque o amor é um
processo de libertação permanente e esse vínculo não pára de se
transformar ao longo da vida.

Até o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a
própria família e recomeçam o ciclo. O que eles precisam é ter certeza
de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no
sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço
apertado, o conforto nas horas difíceis.

Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres. Esse
é o maior desafio e a principal missão. Ao aprendermos a ser
'desnecessários', nos transformamos em porto seguro para quando eles
decidirem atracar.

Márcia Neder

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Consulta

Olá pessoal

Ontem de manhã tive que levar a Helena no médico de novo. Acontece que o sapinho voltou nas coxinhas dela e na virilha. Fui para confirmar se era isso mesmo porque nunca tinha visto sapinho antes da outra vez que ela teve. Era... agora vamos voltar a fazer o tratamento com pomadinha por uma semana. A vantagem é que ela parece não estar nem incomodada... Então deve transcorrer tudo tranquilamente.

Fora isso não temos muitas novidades, a não ser que ela está SUPER conversadeira hoje e cada vez mais esperta. Está fazendo várias tentativas de sentar sozinha e às vezes quase consegue. Mas deixa eu explicar... eu sento ela recostada e ela tenta levantar o tronco para a posição ereta. Uma graça... Mas fica meio frustrada quando não consegue. Então, às vezes, eu puxo ela e ajudo um pouquinho para ela ficar mais feliz.

Quanto aos cochilos dela, continuam curtinhos, mas li que algumas crianças são assim mesmo. Então estou colocando ela para cochilar a cada hora e meia. Assim ela não chega a ficar irritadinha. O videozinho é de eu colocando ela para dormir. A qualidade é baixa para que não ficasse pesado (acho um tédio aqueles vídeos que ficam travando) e o ângulo não é muito bom porque se ela vir a câmera fica hipnotizada - kkkkkkkkkkkkkkkk. Mas dá para ter uma noção do quão tranquilo é colocá-la na cama.




Ontem demos um pequeno passei por um shopping aqui perto de casa e ela estava ótima. COnversou com todos os vendedores - hehehehehe. Nunca imaginei que fosse ser tão gostoso. O único problema é que tenho pouco tempo para mim durante a semana porque ela dorme pouco, mas pelo menos ela está um anjinho.

Um beijo

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Final de Treinamento

Olá pessoal

Antes de mais nada, vou passar o link aqui do livro do qual tenho falado... Algumas pessoas se mostraram interessadas e nas livrarias tem vários livros com este mesmo título. Então, para evitar confusão, aí vai:

http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=401692&ID=BD3B341C7D8090F11320A1090">http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=401692&ID=BD3B341C7D8090F11320A1090">http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=401692&ID=BD3B341C7D8090F11320A1090

Quanto à Helena, hoje o dia está sendo ótimo. Primeiro porque ela dormiu das 22:00 às 08:30 direto!!!! É verdade... não fez nem som na babá eletrônica! Além disso tem estado muito mais calma.

Só tenho um ajuste a ser feito no programa... ela ainda não entende a duração das sonecas. Ao invés de dormir 1:30 a 2:00, tem dormido entre 0:30 e 1:00 nas sonecas. O problema com isso é que quando ela acorda tem que mamar e aí quer dormir no peito. Ou seja, acho que ela ainda não entendeu que não dorme mais depois de mamar... Mas não chega a ser um grande problema pois aí eu acordo ela porque troco a fralda e ela acaba ficando feliz e brincando comigo. Só que as brincadeiras tem que ir ficando mais calmas ao longo do dia, senão ela fica chatinha. Antes eu estava tentando fazer ela dormir de novo mas isso estava gerando muita irritação e não estava havendo evolução alguma, então hoje mudei de estratégia. Tento deixá-la acordada pelo maior tempo possível (em geral 2:00) e coloco para dormir. Não importa o quanto ela dorme, quando acorda eu dou de mamar e pronto! Minha esperança é que com o tempo ela se acostume com a rotina e acabe dormindo um pouco mais.

Bom, o videozinho é da atividade vespertina da Helena. Como é muito quente, ficamos no quarto com o ar ligado e eu coloco um colchão de casal que tenho no chão para brincarmos. Ela adorou o Cebolinha e fica derrubando ele e rindo! Uma gracinha.



Já a fotinho foi da chegada em casa depois do passeio no shopping. Agora podemos sair com ela sem nos preocupar com crises de chororô... Está muito comportada. Como ela já estava com soninho, dei o Teddy (ou Tédio, como chama o papai - hehehehehe) que é o companheiro de soninho dela. Parece que ela gostou, né?

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Tranquilidade

Oi gente

Hoje estou passando para contar que minha vida melhorou... e acho que a da Helena também. Ela está muit mais bem humorada e parece estar até aprendendo mais. Quase não fica no colo... só quando queremos dar um abraço ou precisamos carregá-la... ou seja, o colo é uma opção e não uma obrigação sem fim...

Eu também estou tendo algum tempo para mim. Hoje, por exemplo eu e o Marlon levantamos umas 6 e pouco, nos arrumamos (coisa que eu sempre fazia correndo com a Helena me esperando na minha cama), tomamos café da manhã juntos e ainda saí com o cachorro.

Depois o Marlon saiu para o trabalho e eu esperei. Quando foram 7:40 ela acordou. Dei de mamar, troquei a fralda e coloquei no tapetinho. Ela ficou quase uma hora brindando. Então cansou e coloquei no sofá para ela relaxar um pouco... Mas elea quer aprender a sentar sozinha, como podem ver abaixo...



Depois ainda dei um passeio curto de carrinho e agora coloquei ela para dormir de novo... Ontem pela primeira vez ela conseguiu cochilar mais de uma hora... foi uma hora e meia... por incrível que pareça, no consultório médico, ao invés de em casa no silêncio do bercinho - kkkkkkkkkkkkkkkk.

Hoje também ficou 2 horas acordada, ao invés de 1:30 como vinha fazendo... Assim acho que vou conseguindo regular o relógio dela, né? Vou contando aqui como as coisas se encaminham...

Beijos que vou aproveitar o cochilo dela para descansar também.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Sucesso... pelo menos temporário

Oi pessoal

Apesar de resfriada, volto hoje mais animada. Parece que conseguimos treinar a Helena para dormir sozinha. Pelo menos parece - kkkkkkkkkkkkkkkkk. Compramos o livro "Nana Nenê" e eu li. Domingo começamos a colocar em prática o treinamento.

A princípio tudo se baseia no fato de que a criança precisa de uma rotina que, embora possa ter horários flexíveis, deve ser rígida. A criança deve sempre ser alimentada, fazer alguma atividade e depois dormir e não, como a maioria de nós faz, alimentar e colocar para dormir. A atividade pode ser qualquer uma... Por exemplo, de madrugada, você não vai ficar brincando com seu filho. Mas basta então que troque a fralda dele. Assim ele separa o fato de mamar com dormir e associa que antes de dormir ele deve estar fazendo alguma atividade.

Domingo tudo correu mais ou menos bem... e também estávamos muito empolgados. À noite ela resistiu bastante... Chorou cerca de 1:30h... mesmo enquanto nós tentávamos acalmá-la. Ontem, eu quase entrei em parafuso... todas as sonecas foram estressantes. Ela chorou muito e eu estou gripada e, portanto, sem muita paciência. Nada parecia acalmá-la. Mas notei que ela já estava se alimentando melhor pois havia mais xixi nas fraldas.

Quando chegou a noite eu estava no meu limite. Exausta. O Marlon me ajudou e quando chegou a hora da última mamada eu estava desesperada. Dei de mamar, troquei a fralda e fiquei um pouco com ela num colchão no chão do quarto para ela relaxar. Quando ela começou a demonstrar cansaço, peguei-a para colocar no berço. Já estava apavorada e com certeza de que ouviria outra sessão de choro. Ela começou a reclamar e eu dei a chupeta. Ela dormiu quase que imediatamente!!!!!!!!!!!!!! E foi até as 7 da manhã!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Parecia um milagre! Já estávamos começando a duvidar do programa quando começou a funcionar.

Hoje de manhã, ela acordou bem humorada e brincou um pouco no tapetinho dela, como podem ver no vídeo. Começou a mostrar sinais de cansaço e quase dormiu ali mesmo. Coloquei-a no berço e o milagre se repetiu... ela dormiu em 1 min.

O único problema é que, segundo o livro, os cochilos dela devem durar nessa idade entre 1:30 e 2:00 durante o dia para ela ficar bem descansada. No entanto, ela não tem dormido mais que uma hora por vez, o que a deixa meio irritada conforme o dia vai passando.

Ela despertou dando risadas às 9:30. Levei-a na casa de uma visinha que tem um menino de 1 ano e meio. Ela adorou vê-lo brincar e observar as pessoas. Às 11:00 tava cansada. Trouxe para casa e ela demorou um pouco para dormir pois estava muito agitada. Dormiu agora às 11:30. Espero que esteja mais cansadinha e que consiga dormir um pouco mais para acertar o relógio - kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Depois conto mais!!!!


sábado, 13 de setembro de 2008

Tá difícil!!!!

Oi gente...

Só tô dando uma passadinha para atualizar mais ou menos. Essa semana está sendo bem cansativa mesmo. Terça fomos ao pediatra com a Helena e está tudo muito bem com ela. Embora ela só tenha ganho 400g esse mês, está super saudável e cresceu super bem. Agora está com 60 cm.

No mais, há dois dias ela está muito chatinha. Olhei as gengivas dela e tem dois dentes de cima e dois de baixo descendo... A pobrezinha chora a cada 15 minutos. Ontem demos uma passadinha no shopping e compramos aquele mordedor de mãozinha. Ela adorou mas ainda não sabe segurar as coisas sozinha... o polegar ainda vai para o mesmo lado dos outros dedos. Então eu fico segurando e ela morde bem forte.

Hoje uma vizinha me falou do nenê dent em gel... disse que é muito bom. Principalmente para ela dormir à noite. Ontem ela não dormiu de tarde e de noite acordou às 3, às 4 e às 7:30 da manhã. Depois dormiu até as 10:30. Mas eu estou morta!!!!

Outra hora volto com mais ânimo!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Esclarecimentos

Oi pessoal

Estou vindo aqui para comemorar com vocês... A Helena ontem à tarde dormiu sem chorar e à noite chorou sá 3 minutinhos. Depois consegui acalmá-la e ela ficou quietinha no berço, bem tranquila até dormir. Nem acreditei! Agora vou fazer uns esclarecimentos sobre a técnica que estamos utilizando... mas antes, aí estão umas fotos da nossa picorrucha.
No churrasco de final de semana... não quero perder mais nada!
E o brinquedinho novo... Tia Flávia emprestou e eu ADOREI!!!!

Agora sobre ensinar o bebê:

Isa: Brigadão pela visita! Ainda não li esse livro... Vou procurar (ADORO ler - hehehehehe). Boa sorte com a Sarinha.

Kicha: Adorei você ter vindo até aqui e fui no seu blog ler o texto que você falou. No entanto, ele não se aplica ao que eu estou fazendo com a Helena. Eu jamais deixaria minha filhinha tão pequena ficar gritando sozinha no berço. Na verdade o que eu estou fazendo é criando uma rotina. Toda noite eu faço a massagem shantala nela e dou um banho bem quentinho, que ela adora. Deixamos ela brincar bastante na água para relaxar. Depois enquanto eu visto a Helena, meu marido apaga as luzes do quarto, liga o umidificador e o ar condicionado. Então eu amamento ela o quanto ela quiser. Faço arrotar, e nino o bebê. Canto as mesmas musiquinhas desde que ela nasceu para ela se familiarizar com as musiquinhas de dormir. Quando ela está quase com os olhinhos fechados eu coloco no berço.

Aí é que normalmente ela reclama. Então eu fico ao lado dela... continuo cantando e, como ela dorme de lado, eu coloco a mão no bumbum dela e embalo até ela acalmar. Quando ela acalma, mesmo ainda acordada, eu tiro a chupeta (se ela estiver com uma), saio de perto do berço e fecho o mosquiteiro. Aguardo um pouco... Se ela continuar calma, apago todas as luzes e saio. MAs fico com a babá eletrônica. Se ela chora de novo, eu volto lá e começo tudo de novo.

Além disso, atendo ela quantas vezes ela chorar de madrugada. Às vezes ela tem cólicas e eu pego ela no colo e ajudo. Resfriados ainda não teve pois está só no LM, que previne quase tudo. O que eu cortei foram as mamadas da madrugada. Não o atendimento. Assim, se tudo está bem ela dorme a noite toda. MAs mesmo assim, há duas noites ela pediu para mamar às 4 da madrugada. Tentei brincar com ela e distrair. Quando ela insistiu eu dei o peito.

Portanto, se ela não dorme, eu também não!

--------------------------------

Agora uma coisa que eu ouço muito mas discordo é que a gente tem que aproveitar porque a fase de bebê passa logo e não podemos perdê-la criando regras para as crianças.

Ter um filho é algo que deve ser muito pensado, se possível. Os filhos devem ser criandos desde pequenos para o mundo, não para nós. Na minha opinião, por mais fácil e gostoso que seja, dar toda vez o que os filhos pedem, isso não é o mais saudável. Quero minha filha valente e independente, afinal, posso lhe faltar amanhã. Mas ela vai saber que sempre pode contar comigo se precisar. Hoje eu entendo que quando alguém dá uma bronca numa criança (maior, é claro) a bronca dói mais em quem dá do que em quem leva!

Outra coisa é a culpa... Essa não existe. Culpa é algo que se deve sentir quando se faz algo que se sabe ser errado. Não é o que acontece comigo. Faço o que acho ser o melhor pra ela e procuro me informar em várias fontes antes de fazê-lo. Portanto, fiz o meu melhor... Não pode haver culpa...

Beijões

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Ensinando o bebê a dormir sozinho

Olá meninas

Com o crescimento da nossa pequena Helena, estão começando a aparecer os desafios... Sei que vão ser muitos, mas a gente começa a perceber que a maternidade não é nada fácil, apesar de ser uma delícia.

O maior desafio tem sido colocar a princesinha para dormir! Criei uma rotina na qual ela acorda por volta das 6 da manhã, mama um pouquinho e dorme de novo até 9:30, mais ou menos. Depois, brinco bastante e se ela fica cansada deixo dar um cochilinho no colo mesmo... não mais que 15 min. No início da tarde, entre 14 e 14:30, faço massagem, dou banho, amamento e boto no berço. Ela dorme até 17:30, quando acendo as luzes, desligo o ar e começo a fazer movimento. Volta a rotina de brincadeiras. Lá pelas 21 e pouco começa tudo de novo, faço massagem, dou banho, converso um pouquinho, amamento bastante e coloco no bercinho por volta das 22 com tudo apagado, ar e umidificador ligados. O problema é que de uma semana para cá ela resolveu que não quer dormir sozinha. Então estou deixando ela aprender. Meu coração fica partido! Ela chora e eu não tiro mais ela do berço. Deixo chorar um pouco, dou a chupeta, embalo com a mão, coloco um ursinho que ela ganhou com ela e fico me segurando. No primeiro dia, passei mal... minha pressão caiu, fiquei tremendo, um horror! No final achei que ela podia estar com fome, coloquei no peito e em 30 segundos a danada dormiu... depois de uma hora de trabalho, tudo jogado fora! Então ateontem resisti bravamente. Ela chorou por cerca de meia hora e dormiu. Ontem, já não chorou de se descabelar... era mais uma reclamação.

Acho que está funcionando. Há três dias estou fazendo assim, tanto de tarde, como à noite. Agora à tarde ela já ficou acordadinha sozinha no berço e dormiu sem reclamar. Tomara que à noite seja assim também!

Alguém já tentou algo assim? Pelo que ando lendo, estou até no caminho certo... mas às vezes me sinto a pior mãe do mundo! Uma megera!

domingo, 7 de setembro de 2008

Fixando o resultado da enquete


Já que o objetivo deste blog é ser o diário da gravidez e também o livro do bebê (já que não estou fazendo um) vou imortalizar a enquete que elegeu o papai como o mais semelhante com a Helena... pelo menos por enquanto - kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Muito obrigada a todos que votaram e saibam que eu compartilho da mesma opinião!

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Volta das férias

Oi pessoal

Finalmente voltamos das férias e estamos em nossa casinha. Na verdade, já estamos de volta há uma semana, mas tenho tido pouco tempo para sentar aqui. Afinal, agora estou cuidando da picorrucha sozinha de novo. Mas as férias foram ótimas. A Helena matou as saudades da família da mamãe, conheceu a família do papai, a dindinha e vários tios e tias postiços. Agora, no entanto, está bem mais calma de volta a rotina.

Tem dormido a noite toda, parece estar dando mais uma engordadinha e estamos tentando estabelecer rotina de cochilos também. Embora ela dê alguns curtinhos (10 a 20 min) durante o dia no colo mesmo, tira um maiorzinho à tarde para dar um descanso para a mamãe e ficar de bom humor até de noite. É este tempinho que estou aproveitando agora e que quero aproveitar para nadar 3x por semana já que aqui não há como passear com ela no carrinho como em Floripa enquanto faço a caminhada. Primeiro porque as calçadas de Cuiabá são uma vergonha! Não tem uma decente. Segundo porque, quando tem calçada, muita gente pára o carro em cima (super respeitoso) e terceiro porque o sol é forte demais para mim e para ela. Mas semana que vem, se a rotina já estiver bem estabelecida, volto para a academia.

No mais, Helena já está alçando vôos mais altos. Acho que esta criança não vai engatinhar. Primeiro porque não suporta ficar de barriga para baixo.... chora logo. E depois porque já está tentando sentar sozinha e fica em pé com pouco apoio.... A gente só precisa equilibrar. Olha esses videozinhos, que gracinha!

Beijos