Minhas três Princesas

Lilypie Kids Birthday tickersLilypie Second Birthday tickers

Pesquisar este blog

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Primeiros trechos da viagem

Olá gente

Hoje estou passando para contar como foram os dois primeiros dias de nossa viagem. Agora estamos em Foz do Iguaçú, na casa de dois amigos que não víamos já há algum tempinho. Está sendo ótimo matar as saudades.

A viagem foi relativamente tranquila, considerando a existência de três bebês dentro do carro. Helena se comportou como uma lady. Ficou comportadíssima e sua irritação podia ser facilmente controlada. Primeiramente vou dar uma dica a todos que têm filhos pequenos e pretendem fazer viagens longas: DVD automotivo! A Helena em casa, nãoassiste TV pois acho melhor ela brincar na rua e gastar energia mas, já que tinha que ficar trancada no carro mesmo, pegamos alguns DVDs infantis e levamos. Ela via o filminho quietinha... um anjo! Conversava com as personagens, dava bronca quando faziam "coisa feia", etc.

Estávamos um pouco inseguros no que dizia respeito a suas idas ao banheiro, pois ela já não usa fraldas, mas foi uma tranquilidade. Carreguei na bolsa um bom estoque de protetores para assento de vaso sanitário, aliás, outra dica ótima para quem tem meninas. Quando estávamos no meio da estrada, ou o vaso não tinha assento, era no colo da mamãe mesmo. Nenum acidentezinho! Depois do almoço, colocávamos a fralda nela e desligávamoso filminho. Eu explicava: Agora está na hora de você nanar. Dava a cobertinha, o travesseirinho dela, o Teddy e uns livrinhos ou gibis. Ela lia as historinhas e dormia,como fazia em casa.

Quanto ao tempo de viagem, quem viaja com tanta criança, não pode olhar para o relógio. Acontece assim. Saíamos entre as 3 e as 4 da manhã e tocávamos até quase sete. Quando havia omenor sinal de indisposição parávamos para evitar que uma agitasse as outras. Cada parada começava com uma mamada para as gêmeas. Depois, dávamos um lanche para a Helena, depois, enquanto ela corria de um lado para outro, nós comíamos algo. Essa parte dependia do sono das pequenas. Se já estavam resmungando, era algo rápido, se não, tirávamos um sanduíche natural do isopor e fazíamos uma refeição com suco de soja, cubinhas de queijo, uvas passas e frutinhas.

Outra tática ótima foi a de carrega no carro uma colcha enorme, que eu uso como toalha de pic-nic, e um edredon que sempre uso para deixar as meninas em cima em casa. Quando a parada era num lugar que permitisse, abria a toalha de pic-nic no chão e colocava o edredon em cima (pois elas se sentem num lugar familiar). Depois de poderem brincar umas com as outras ali, as três viajavam bem melhor.

Quando voltávamos para o carro, em geral as gêmeas dormiam e tocávamos por mais umas duas horas. Assim, levamos cerca de 13 horas para cobrir 800 km. É lento mas a gente não fica arrebentado pois descansa bastante.

Ao final do segundo dia, ontem, a Iris começou a surtar. Tivemos que ter bastante paciência. Em Marechal Cândido Rondon - PR, tiramos as três do carro, fomos ao parque da cidade e abrimos a toalha de pic-nic na grama. Lá deitamos os cinco e deixamos as meninas relaxarem um pouco.

Funcionou com a Flora, mas a Iris preciso ganhar um colinho, o que aconteceu em uma estradinha que passa por várias cidadezinhas do interior entre Santa Helena - PR e Medianeira. Quando voltamos para a BR, coloquei-a na cadeirinha de novo e ela relaxou a té chegarmos.

Agora ficamos aqui até quinta, quando saímos para Florianópolis - SC. Aho que não conseguiremos fazer direto mas, veremos.

Tenho fotos ótimas e depois que baixá-las faço um post com elas.

Beijinhos, por enquanto

Nenhum comentário: